CUIDADO, acidez das águas minerais comprovada, saiba quais marcas foram reprovadas



Pesquisa realizada pela engenheira agrônoma Érika Ferreira Rodrigues, para obtenção do título de especialista em Gestão Ambiental pelo Núcleo de Meio Ambiente da Universidade Federal do Pará (NUMA/UFPA), constatou que os "belenenses" continuam consumindo águas minerais com altos níveis de acidez.

O resultado das análises físico-químicas realizadas em amostras de sete diferentes marcas comercializadas na Região Metropolitana de Belém indicou que todas estão impróprias para consumo e não podem ser classificadas como águas minerais.

O estudo, apresentado na forma de monografia, foi concluído em junho do ano passado.



A Portaria nº 2.914, de 12 de dezembro de 2011, do Ministério da Saúde, que dispõe sobre o padrão de potabilidade das águas, recomenda que o pH (potencial hidrogeniônico) da água própria para consumo seja mantido na faixa de 6,0 a 9,5.

Nenhuma das marcas analisadas no Laboratório de Recursos Hídricos do Instituto de Geociências da UFPA está dentro deste padrão.

Elas variam o pH entre 3 a 4,5, o que caracteriza águas ácidas, portanto, impróprias para consumo. A análise apresentou os seguintes resultados:

Belágua, pH 3; 

Top Line, pH 3,75; 

Mar Doce, pH 3,80; 

Nossa Água, pH 3,89; 

Terra Alta, pH 4,14; 

Indaiá, pH 4,52. 

Como as empresas não permitiram a coleta de águas em suas fontes, a pesquisadora realizou exames em águas à venda nos supermercados, ou seja, examinou amostras de águas comercializadas.

“Uma água precisa ter um pH acima de 6,5 para ser potável. Abaixo disso, NÃO é água potável, podendo, inclusive, causar problemas de saúde”, adverte o professor Milton Matta, orientador do trabalho. Ele explica que as águas comercializadas em Belém são ácidas. “Essa água, sendo consumida durante dez, vinte anos, pode causar problemas gástricos, como gastrites, úlceras e câncer de estômago, doença cuja incidência coloca o Pará em segundo, entre os Estados da Federação.”

Fizemos um levantamento do pH de 16 marcas vendidas no Brasil.

Confira:

Pureza Vital Nestlé - pH  7,44 (alcalino)

Minalba - pH 8,04 (alcalino)

Puris - ph 6,98 (neutro)

Sarandi - pH 9,35 (alcalino)

São Lourenço - pH 5,45 (ácido)

Indaiá - pH 4,64 (ácido)

Bonafont - pH 5,44 (ácido)

Lindoya - pH 6,74 (neutro)

Ibirá - pH 10,15 (alcalino)

Petrópolis - pH 5,38 (ácido)

Levity - pH 8,84 (alcalino)

Schin - pH 6,79 (neutro)

Perrier - pH 5,5 (ácido)

Crystal - pH 7,28 (alcalino)

Água prata - pH 7,01 (neutro)

Santa Joana - pH 5,25 (ácido)


Obs.: É importante dizer que o pH pode variar dependendo da fonte, pois algumas marcas são engarrafadas em mais de uma fonte.

Por isso o ideal é você ler o rotulo com atenção, para saber com certeza se o pH da água que você está bebendo é ácido, neutro ou alcalino.
Fonte: Jornal da Universidade Federal do Pará

NÃO QUEREM QUE VOCÊ SAIBA - AS 10 MAIORES CAUSAS DE CÂNCER QUE VOCÊ USA TODOS OS DIAS!



Assim era chamado o câncer, numa época em que as pessoas o temiam a tal ponto de evitar pronunciar o nome.

Hoje há várias formas de tratar o grave problema e alcançar a cura - desde alternativas químicas até as mais naturais.

Há vários fatores que causam o desenvolvimento do câncer:

1.Alimentação

2. Radiações químicas

3.Exposição excessiva ao sol

4. Substâncias tóxicas

5.Genética.

Por incrível que pareça, muita gente acaba desenvolvendo tumores por falta de informação.

Há pelo menos 10 coisas que a maioria das pessoas fazem regularmente e que são perigosas à nossa saúde, predispondo-nos ao câncer.



Veja:

1. Consumo de carne ou leite/industrializados

Infelizmente nos dias de hoje os animais da fazenda são cheios de hormônios artificiais.

O que isso significa?

Que estamos mais propensos à inflamação, depressão, câncer e muitas outras doenças quando consumimos a carne e o leite adulterado.

2.  Mamografia, raio-X e outros exames

Como sabemos, esses tipos de exames emitem muita radiação, o que causa câncer.

Às vezes precisamos fazer esses exames, por suspeitas de doenças.

Mas, quando menos fizermos, melhor para nossa saúde.

Só para você ter uma ideia dos riscos: segundo pesquisa publicada no periódico British Medical Journal, fazer exame de mamografia como prevenção ao câncer de mama pode acabar aumentando os riscos para o tumor em algumas mulheres.

De acordo com o estudo, a exposição à radiação pode elevar em até cinco vezes as chances de mulheres jovens com uma mutação nos genes BRCA1 e BRCA2 – responsáveis por controlar a supressão dos cânceres de mama e de ovário – desenvolverem a doença.
O que fazer?

Substituir estes exames por outros que não oferecem riscos.

3. Desodorantes com alumínio

Este tipo de produto causa câncer de mama, por isso aconselhamos o uso de desodorantes caseiros ou orgânicos.

4. Cosméticos tóxicos

Você sabia que boa parte dos cosméticos são carregados de substâncias derivadas do petróleo?

Aplicar esses produtos em nossa pele faz com que muitas dessas substâncias penetrem facilmente na corrente sanguínea, o que é um gatilho para o desenvolvimento de células cancerosas.

Busque cosméticos naturais e orgânicos ou caseiros.

5. Soja e milho transgênicos

Quase toda a soja na América é geneticamente modificada, o que significa que o leite de soja e outros produtos de soja também são produtos transgênicos.

Além disso, o leite de soja aumenta os níveis de estrogênio no corpo.

Então deixe de consumir leite de soja e o substitua por outro leite vegetal.

Há leites muito bons, como o de vaca, arroz ou aveia.

6. Adoçantes artificiais.

São todos ruins, mas evite principalmente o aspartame.

Se você não sabe, o aspartame é feito a partir do resíduo de bactérias E. coli.

Para ser mais exato, é feito a partir de bactérias presentes nas nossas fezes.

E o pior: a empresa responsável pela patente do aspartame revela que nesse adoçante há bactérias E. coli geneticamente modificadas.

Há outros motivos para não usá-lo, como ser rapidamente decomposto em outras substâncias que entram na corrente sanguínea.

Essas substâncias são metabolizadas e um desses produtos que surgem no processo é o formaldeído, material usado para embalsamar cadáveres.

Evite o aspartame o máximo que puder.

Substitua-o por mel ou estévia.

7. Água fluoretada

O flúor é muito prejudicial, isso já está provado.

Ele enfraquece ossos, o sistema imunitário e até a inteligência.

Sendo assim, procure beber água pura, sem flúor.

8. Medicamentos

Evite o consumo desnecessário de medicamentos sintéticos.

Alguns problemas de saúde podem ser tratados com receitas caseiras e naturais.

Muitos desses remédios vendidos na farmácia foram criados por corporações que pensam apenas no lucro e têm substâncias que causam câncer.

9. Corante alimentar artificial e conservantes

Talvez você não saiba, mas os conservantes mais fortes literamente sufocam as células do corpo.

O resultado disso é o desenvolvimento de células cancerosas.  

Evite esses produtos criados em laboratório e invista em frutas, legumes orgânicos, grãos e sementes (de preferência, orgânicos).

10. Produtos de higiene

Tudo o que aplicamos em nossa pele, dentes ou cabelo entra em nossa corrente sanguínea.

Sendo assim, se usarmos produtos sem conhecer a procedência, corremos o risco de desenvolver câncer.

Como já falamos anteriormente, aposte em produtos naturais e orgânicos.

Há uma frase que diz "Não passe na pele o que você não pode comer".

Para alguns, pode ser radical.

Mas a vida prova que a frase tem certo sentido.


#Cura Pela Natureza

COMO ELIMINAR LABIRINTITE EM POUCO TEMPO COM ESTE INCRÍVEL TRUQUE!



Labirintite é uma inflamação no interior do ouvido, precisamente na região conhecida como “labirinto".

Esta inflamação é muito desagradável, pois pode comprometer tanto o equilíbrio quanto a audição.

Os principais sintomas são tonturas e vertigens.

Apesar de o problema se manifestar normalmente a partir dos 40 anos, há muita gente que sofre bem antes dessa idade.

E é preciso ficar atento: quem consome bebidas alcoólicas e fuma demasiadamente é um forte candidato a esse mal - além de medicamentos como aspirina.

Café, chocolate e refrigerantes são outros vilões.

Se você já desenvolveu a labirintite, não arrisque consumir nada com cafeína.

A verdade é que quem leva uma vida saudável, longe do estresse e da sobrecarga de atividades físicas, não tem a tendência de sofrer de labirintite.

E o que a medicina natural oferece para combater este mal?

Existem ótimas receitas naturais.

Três dessas receitas vamos ensinar agora:


RECEITA 1

A primeira dica é um exercício e ele é muito simples.

O primeiro passo é sentar.

Nunca faça este exercício em pé, pois pode sentir tontura.

Enfim, é para fazer sentado.

O próximo passo é encher os pulmões com ar.

Imediatamente, feche a boca e as narinas e faça força para soltar o ar.

Quando não for mais possível segurar o ar, solte-o pela boca e nariz.

Faça o exercício duas vezes por dia.
O exercício funciona porque ele desobstrui os minúsculos vasos do labirinto.

Ou seja, vai melhorar a circulação na região.

Mas atenção: ele é contraindicado a hipertensos, cardiopatas e idosos.​

RECEITA 2

INGREDIENTES

3 colheres (chá) de erva doce

3 colheres (chá) de alecrim

9 cravos-da-índia sem a cabeça

3 xícaras (chá) de água

MODO DE PREPARO

Ferva a água.

Desligue o fogo e acrescente todos os ingredientes.

Tampe e, quando amornar, tome a primeira xícara.

Durante o dia, beba mais duas xícaras.

RECEITA 3

INGREDIENTES

1 folha de louro

1 quarto de colher (chá) de noz-moscada ralada

1 copo de água

MODO DE PREPARO

Rale a noz-moscada e a coloque num copo de água fervente junto com a folha de louro.

Tampe o copo e deixe esfriar um pouco.

Faça e beba este chá três vezes ao dia e pelo tempo de três dias.

Se quiser, pode ficar repetindo o tratamento periodicamente, a cada 30 dias.

Mas não exagere na dose de noz-moscada: tem que ser o que está na receita, ou até um pouco menos.

ELIMINE AZIA E GASTRITE PARA SEMPRE EM MENOS DE 1 SEMANA COM ESTE EFICAZ REMÉDIO CASEIRO!



Poderíamos definir o estômago como o órgão localizado entre o esôfago e o intestino delgado, para onde vão os alimentos que comemos e que é responsável pela digestão desses alimentos.

Essa é uma definição bem formal, porque se perguntarmos à maioria das pessoas sobre o estômago, elas o associarão imediatamente à digestão e à fome, mas também à dor e à azia.

De fato, o estômago pode ser afetado em muitas ocasiões por doenças.

E uma das doenças mais comuns nesse órgão é a gastrite, que é a inflamação da mucosa do estômago e, se não tratada, pode causar até sangramento.

As causas da gastrite podem ser várias, mas principalmente estão relacionadas com os maus hábitos alimentares, o estresse, o abuso  de alguns medicamentos, o consumo de álcool e cigarro.

Se tiver com sintomas de gastrite, consulte seu médico para confirmar.

Na medicina natural, existem diversos tratamentos eficazes para a gastrite, muito melhores que o remédio comercial mais usado, o Omeprazol.

Neste artigo, você vai aprender cinco desses tratamentos, que para muitos são os melhores medicamentos caseiros para a doença.

Temos certeza de que, se o seu problema for gastrite, pelo menos um deles vai curar você definitivamente.

Aqui estão:


1. Água de arroz

Coloque no fogo 1 litro de água.

Quando ferver, adicione 150 gramas de arroz.

Deixe que cozinhe normalmente.

Depois que cozinhar, coe o líquido (não deixe a água secar).

Vá bebendo a água durante o dia, sempre na temperatura ambiente.

2. Chá de maçã e camomila

Descasque uma maçã fresca e corte-a em fatias.

Coloque no fogo, junto com 500mL de água.

Quando começar a ferver, adicione 1 colher (sopa) de camomila seca.

Espere mais alguns minutos, desligue o fogo e deixe repousar até que fique morno.

Coe e coloque em um ricipiente de vidro.

Tome diariamente todas as manhãs, na temperatura ambiente.

3. Chá de espinheira-santa

Ferva 3 xícara (chá) de água e despeje-a sobre 3 colheres (sobremesa) de folhas secas de espinheira-santa.

Abafe a mistura e deixe descansar por alguns minutos.

Depois que amornar, coe o chá e tome em seguida.

Tome uma xícara, meia hora antes das refeições principais, para proteger o aparelho digestivo e evitar a acidez estomacal.

CUIDADOS

Grávidas não devem tomar o chá de espinheira-santa, pois ele provoca contrações no útero, o que pode levar ao aborto.

4. Suco de batata-inglesa

Descasque 1 batata-inglesa, rale e depois esprema até sair o leite.

Tome  1 colher (sopa) em jejum ou 30 minutos antes das refeições.

Este suco também pode ser consumido quando a pessoa sentir os incômodos da gastrite, pois alivia imediatamente os sintomas.

Tempo de tratamento

Para azia: tomar durante uma semana.

Para gastrite: tomar durante duas semanas.

Para úlcera: tomar durante um mês.

5. Polvilho de batata-doce

Você vai precisar de 1 batata-doce e de 600 mL de água filtrada

Descasque e corte a batata-doce, colocando em uma bacia com um pouco de água para que não escureça.

Leve para bater no liquidificador com 600mL de água.

Liquidifique muito bem.

Coe utilizando um pano de algodão.

Com as mãos limpas, pressione muito bem o pano usado para coar (o líquido deve sair todinho e cair em uma vasilha).

Deixe o líquido descansar por duas horas.

Agora você vai ter o líquido e no fundo da vasilha um conteúdo sólido, que é o polvilho da batata-doce.

Jogue o líquido fora, para que fique apenas o polvilho, que está no fundo da vasilha.

Se no dia do preparo estiver fazendo um sol firme, coloque o polvilho que ficou no fundo para secar ao sol.

Se não, coloque em um armário para fazer a secagem.

Se a escolha for a segunda opção, vai demorar mais para secar.

Quando ficar bem seco, desmanche/misture todo o polvilho e coloque para ser armazenado em um vidro limpo e seco com tampa.

Como se toma?

É fácil:

Depois que estiver seco, dissolva uma colher (chá) do polvilho de batata-doce em 200mL de água.

Mexa bem.

Tome um copo em jejum, um antes do almoço e outro antes do jantar.

Em pouco tempo, você estará curado(a).

Esse remédio é, como dissemos, excelente para problemas estomacais, como azia, gastrite e úlcera.

E cura rapidamente.

APLIQUE ESTE ÓLEO NOS SEUS CABELOS PARA QUE ELES VOLTEM A FICAR LINDOS E PAREM DE CAIR!



Queda de cabelo é um assunto que preocupa a maioria das pessoas.

Pudera, quem não deseja ter fios longos e fortes?

Para isso, é necessário uma dieta equilibrada, uma boa genética e um sistema imunológico fortalecido.

Há muitos produtos sendo vendidos no mercado e alguns realmente deixam o cabelo mais bonito.

No entanto, eles são apenas paliativos, que cuidam da aparência, mas não atingem a causa.

Além disso, como você já deve saber, o Cura pela Natureza preza por ingredientes naturais, longe de qualquer efeito colateral - o que não é o caso da maior parte desses produtos vendidos em lojas de cabelo.

Há algumas dicas naturais e caseiras que estimulam o crescimento do cabelo, além de tratá-lo e fortalecer.

Veja:


1. Máscara de clara de ovo

Rica em proteína, zinco, enxofre, ferro, fósforo e iodo, a clara de ovo é excelente para os fios.

Basta aplicar a clara no couro cabeludo e deixar agir por 15 minutos.

2. Óleo de alecrim

Este é provavelmente o melhor óleo para prevenir a perda de cabelo e estimular o crescimento do cabelo saudável, ao mesmo tempo.

Se você não sabe, este óleo é normalmente usado como tônico capilar.

Veja como fazer:

INGREDIENTES

Vários ramos de alecrim fresco

Azeite extravirgem de oliva

Coador

Tigela

Pote médio de vidro com tampa e boca larga

MODO DE PREPARO

Separe e lave uma quantidade suficiente de alecrim para encher o pote de vidro.

Coloque o alecrim dentro do vidro.

Cubra com azeite de oliva.

Tampe bem.

Coloque o frasco em um local seco e fresco e deixe repousar por 30 dias.

Em seguida, coe o líquido numa tigela de vidro.

Transfira o óleo de alecrim para um pequeno recipiente de vidro e feche a embalagem.

Ele está pronto para usar.

Armazene o óleo em um lugar fresco e escuro, como um armário de cozinha.

A validade dele são duas semanas.

COMO USAR NOS CABELOS:

Misture duas colheres  (sopa) de xampu com duas colheres (sopa) de óleo de alecrim e lave seu cabelo com a mistura.

Se quiser, você pode combinar o óleo de alecrim com azeite de oliva em igual proporção e massagear o couro cabeludo suavemente.

3. Babosa

Este é provavelmente o melhor remédio para evitar a perda de cabelo.

Além disso, esta planta melhora significativamente a qualidade do cabelo porque  atua como um condicionador natural que faz com que seu cabelo fique mais macio e suave.

Pegue uma tigela e misture duas colheres (sopa) de xampu com uma colher (sopa) do gel da babosa.

Acrescente ainda um pouco de leite de coco e meia colher (chá) de germe de trigo.

Aplique a mistura em seus cabelos e deixe agir por alguns minutos. Depois enxáguem bem.

4. Ovo, mel e azeite

O mel é rico em antioxidantes e nutrientes essenciais para o crescimento saudável do cabelo.

Numa tigela, misture uma colher (chá) de cada um desses ingredientes: mel, azeite e clara de ovo.

Mexa bem para formar uma pasta lisa.

Feito isso,  aplique a mistura em seu cabelo e couro cabeludo e deixe agir por 20 minutos.

Depois,  lave-a com água morna, usando um xampu suave.

5. Alho

Este incrível vegetal tem várias propriedades medicinais.

Com isso, pode atuar no controle da perda de cabelo e melhorar o fluxo de sangue no couro capilar,estimulando o crescimento sadio.

Ferva um pouco de azeite com 7 ou 8 dentes de alho esmagado.

Quando esfriar, aplique no couro cabeludo.

Este tratamento deve ser feito regulamente para melhores resultados.

6. Cebola

A cebola é outro vegetal com fortes propriedades medicinais em relação ao crescimento do cabelo.

Ela é rica em enxofre, que estimula a formação de colágeno , que é essencial para o crescimento do cabelo.

Para fazer este tratamento, rale 2 ou 3 cebolas para extrair o suco.

Feito isso, aplique o suco em seu couro cabeludo e deixe agir por meia hora.

Depois é só lavar com um xampu suave.

Repita uma vez por semana.

7. Óleo de rícino

Rico em vitamina E e aminoácidos essenciais, principalmente ômega 9, o óleo de rícino deixa qualquer tipo de cabelo mais saudável.

Já que se trata de um óleo com espessura muito grossa, você pode misturar com óleo de coco, azeite ou óleo de amêndoa.

Aplique no couro cabeludo e massageie suavemente.

Deixe agir por uma hora antes de enxaguar com um xampu suave e sem sal.

8. Batata-inglesa

Tem o poder de estimular o crescimento saudável dos caelos.

Este vegetal é abundante no número de nutrientes, incluindo a vitamina A, B e C, cálcio, potássio, ferro e fósforo, o que os torna extremamente benéficos à saúde.

Para fazer o tratamento de cabelo com batata, misture 1 xícara e meia de suco de batata com uma colher de chá de mel, um pouco de água e uma gema de ovo numa tigela.

Mexa bem todos os ingredientes e aplique nos cabelos úmidos.

Deixe agir por meia hora e depois lave o cabelo com xampu suave.

Repita o tratamento uma vez por semana.

Este remédio natural é especialmente adequado para os cabelos frágeis e quebradiços.

9. Suco de limão

As propriedades medicinais de suco de limão são maravilhosas para o cabelo.

Este cítrico é abundante em nutrientes, incluindo a vitamina C, todas as vitaminas do complexo B, antioxidantes e ácido fólico, o que o torna um poderoso remédio natural para o crescimento do cabelo.

Você precisa de uma colher (sopa) de suco de limão e duas colheres (chá) de coco ou azeite de oliva.

Misture o ingrediente e aplicar uniformemente sobre o cabelo e couro cabeludo.

Deixe agir por uma hora antes de enxaguar com xampu suave.

Faça este tratamento sempre à noite e não se exponha ao sol no outro dia.

10. Feno-grego

É uma semente "recheada" de proteína, o que a torna altamente benéfica para o crescimento do cabelo.

Além disso,  contém lecitina, que é particularmente benéfica para o fortalecimento e hidratação dos fios.

Para este tratamento, mergulhe uma xícara de sementes de feno-grego em água e  deixe repousar durante a noite toda.

Na manhã seguinte, fazer uma pasta, batendo a mistura no liquidificador.

Aplique um pouco de óleo de coco em seu cabelo, antes de cobrir seu couro cabeludo com essa pasta.

Deixe agir por uma hora e depois lave com água morna e xampu.


CIENTISTAS DESCOBREM COMO FAZER O CORAÇÃO SE REGENERAR APÓS ATAQUE CARDÍACO



Esta é uma notícia maravilhosa para todas as pessoas que sofrem de doenças do coração.

Finalmente, existe a esperança de haver uma terapia que vai ajudar a curar o nosso órgão mais importante mesmo depois de um ataque cardíaco.

Muitas pessoas no mundo vivem com um coração debilitado, enfraquecido, especialmente aquelas que tiveram de operar o órgão.

Mas isso agora começar a mudar.

Um tratamento revolucionário pelo qual o coração é estimulado a se curar naturalmente após um ataque cardíaco está sendo desenvolvido por cientistas.

Pesquisadores da Universidade de Oxford e da Universidade College London descobriram que o coração pode conseguir se recuperar completamente e sozinho se lhe for dado o "gatilho" correto.

É uma revolução na cardiologia que, se comprovada, mudará tudo.

Os cientistas desenvolveram um tratamento extraordinári que vai levar o coração a se recuperar totalmente mesmo após problemas muito sérios, como um infarto ou ataque cardíaco.

O que os pesquisadores descobriram foi que, com a estimulação adequada do músculo, o coração pode se regenerar de uma maneira natural.

Os cientistas descreveram a sua descoberta como "uma nova etapa emocionante" e acreditam que ela pode ser usada para tratar a insuficiência cardíaca.

Para aclarar, a insuficiência cardíaca geralmente ocorre depois de graves problemas, como um ataque cardíaco, quando o coração se enfraquece e perde a capacidade de bombear o sangue.



Infelizmente, um quarto dos pacientes que foram diagnosticados com a função cardíaca deteriorada morre nos 5 anos seguintes, e apenas um pequeno número de tratamentos médicos ou operações podem retardar ou parar esse processo degenerativo.

Além disso, o número de pacientes com insuficiência cardíaca está aumentando à medida que a população envelhece e alguns estudos sugerem que as taxas duplicaram desde a década de 1980.

O problema provoca falta de ar, fadiga e também aumenta o risco de acidente vascular cerebral (AVC), coágulos sanguíneos e de mais ataques cardíacos, enfim, causa uma profunda debilidade, pois o coração é incapaz de bombear o sangue para todo o corpo.

Mas agora surge uma luz.

Em seus experimentos de laboratório, os cientistas da Universidade de Oxford e da Universidade College London descobriram que, depois de um ataque cardíaco, o coração começa a se curar de uma forma natural e começar a criar novos vasos linfáticos, que são fundamentais para o transporte de células mortas e bactérias, e, assim, inicia-se a recuperação do órgão.

No entanto, esse processo natural é muito lento e muitas vezes não atinge a plena recuperação, e isso pode ser fatal para o paciente.

Mas é possível acelerar esse processo com a ajuda de uma proteína chamada VEG FC.

E agora eles esperam desenvolver um tratamento que seja capaz de levar o coração a curar a si mesmo através da utilização dessa proteína.

O professor Paul Riley , da Universidade de Oxford, declarou: "Nós provamos que, se dado o estímulo certo após um ataque cardíaco, há uma resposta significativa do sistema linfático, o que aumenta o processo de cura do coração e deixa os danos para trás".

Agora resta-nos torcer para que a pesquisa finalize com êxito e todo esse avanço chegue à população.


Fonte da matéria: Daily Mail

CURTA A NOSSA PÁGINA

Postagem em destaque

[INCRÍVEL] Chás que eliminam a barriguinha em homens

A preocupação com a boa forma, principalmente na área abdominal, não é uma exclusividade das mulheres, os homens também enxergam o excess...

Postagens populares